VEÍCULOS

Com grandes pretensões, chega no Brasil o Novo Kia Cerato

O sedã médio ganhou retoques visuais inspirados no Stinger GT e o motor 2.0 de 167 cavalos

Foto: Reprodução Foto: Reprodução

De forma discreta, sem chamar muito a atenção, a Kia apresenta ao mercado brasileiro o novo Cerato, com a dura tarefa de brigar com os comandantes do segmento de sedãs médios, especialmente o Toyota Corolla e seu eterno rival, o Honda Civic. Não se trata de uma nova geração - o carro da marca sul-coreana ganhou retoques inspirados no fastback Stinger GT, com a intenção de deixá-lo com um aspecto mais esportivo. Mas a maior novidade do novo Cerato está sob o capô: a Kia finalmente substituiu o motor 1.6 bicombustível de 128 cavalos e 16,6 kgfm de torque, já usado pelo brasileiro HB20, pelo 2.0, também flex, com 167 cavalos e 20,6 kgfm. A transmissão continua sendo a já conhecida automática de 6 velocidades. Produzido em Pesquería, no México, o novo Cerato chega às concessionárias brasileiras no início de outubro, em duas versões: a EX, por R$ 94.990, e a SX, por R$ 104.990. Ambas têm garantia de cinco anos ou de cem mil quilômetros.

O novo Cerato cresceu de forma quase imperceptível. De 4,56 metros para 4,64 metros no comprimento e de 1.78 metro para 1,80 na largura. Já a altura e a distância de entre-eixos permanecem em 1,44 metro e em 2,70 metros, respectivamente. A capacidade do porta-malas, com 520 litros, agora se alinha com a dos concorrentes. Anteriormente, o compartimento de carga do sedã sul-coreano carregava menos de quinhentos litros. Detalhes cromados buscam dar ao Cerato uma aparência mais refinada. A grade, que recebe um design que o marketing da marca chama de “Nariz de Tigre”, foi redesenhada e permite melhor ventilação do motor. Antena shark, faróis de neblina com lentes de projeção, luz diurna de navegação (DRL) em leds, novas rodas de liga leve de 16 polegadas com pneus 205/60 e o capô alongado complementam a aparência mais contemporânea do sedã. Na traseira, o veículo evidencia a inspiração no Stinger GT, com saída de escapamento esportiva e cromada, novas lanternas em leds na versão SX e com uma barra conectando as duas peças.

Nas duas versões disponíveis no Brasil, o sedã tem sistema multimídia com tela flutuante de 8 polegadas, colorida e sensível ao toque, e painel redesenhado. A topo de linha acrescenta ar-condicionado digital dual zone com filtro antipólen e design tipo turbina, com saídas de ventilação para os bancos traseiros. Com novo desenho, revestimento de couro e regulagens de altura e profundidade, o volante multifuncional tem controles do sistema de som e de chamada, do piloto automático e do computador de bordo. Ainda na SX, há bancos de couro, com sistema de aquecimento de três níveis nos assentos dianteiros, partida do motor pelo botão Start/Stop ou por reconhecimento de voz da chave Smart Key. A tecnologia permite o travamento e a abertura das portas e da tampa do compartimento de carga à distância. O novo Cerato ingressa em um novo patamar cibernético, com Bluetooth com comandos de voz e conectividade de smartphones por meio do Android Auto e Apple CarPlay, entrada auxiliar e USB. O sistema de som vem equipado com quatro alto-falantes e dois tweeters.

No quesito segurança, o novo Cerato tem na versão “top” seis airbags (dois frontais, dois laterais e dois de cortina), freios a disco nas quatro rodas com ABS e EBD, controles eletrônicos de tração e estabilidade, direção elétrica progressiva, assistente de partida em rampa, câmera de ré com gráfico auxiliar de manobra, vidros elétricos com sistemas antiesmagamento e de subida e descida de um toque para o motorista, sensor de monitoramento de pressão nos pneus, destravamento automático das portas em caso de colisão, retrovisor interno eletrocrômico e externos elétricos, com rebatimento automático, setas integradas de leds e aquecimento. O sedã vem equipado ainda com barras de proteção contra impactos laterais nas quatro portas e zona de deformação programada (chapa dupla), acendimento automático dos faróis, sistema Isofix para fixação de cadeiras infantis e cintos de segurança de três pontos para todos os passageiros.

Comentários