Se vai para o exterior, saiba como ter seu smartphone conectado na Internet

Acessar a internet em sua viagem internacional não significa apenas navegar pelas redes sociais, é questão de segurança
11/01/2020 08:12 Tecnologia e Ciência
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A primeira dica na verdade é um alerta. Nem pense em usar no exterior o chip da sua operadora no Brasil sem ter contratado um plano específico para a sua viagem, e mesmo que faça isso, não acredite fielmente no que estiver comprando. No geral, é uma grande roubada.

O roaming internacional tem custo elevado e as operadoras que atuam no Brasil cobram valores exorbitantes, muitas vezes até sem nenhum aviso prévio, e isso não será nada agradável quando a conta chegar em sua casa.

A dica é comprar um chip internacional. “Fui em 2017 para os Estados Unidos e acabei usando o roaming da minha operadora. Gastei por dia muito mais do que o triplo do que eu gastaria em três meses se tivesse usado um chip de qualquer uma das operadoras americanas. Voltei lá em 2019 e comprei um chip de celular com internet 4G de alta velocidade, internet ilimitada, uma beleza”, disse o campo-grandense Heitor Soares de Miranda.

Ele conta que nos Estados Unidos as opções são diversas, todas com chips pré-pagos, baratos, fáceis de comprar e sem burocracia. “Optei pela T-Mobile One, paguei 50 dólares, mas poderia ter escolhido o plano da Ultra-Mobile com 5GB de internet que chega pelo Correio no Brasil e custa 40 dólares. Legal que fiquei tranquilo, sem a preocupação com a conta do meu telefone no final do mês”, garantiu Heitor.

Mas você nem precisa esperar chegar no seu destino para ter essa questão resolvida. O chip internacional pode ser adquirido ainda no Brasil em empresas virtuais que sub-locam redes em vários países do mundo e oferecem chip de internet que entrará em funcionamento assim que você pousar no destino.

É uma bela vantagem. Comprar o chip de internet pré-pago ainda no Brasil e não no exterior possibilita desembarcar no país já conectado e evita certos perrengues na busca do equipamento, como a barreira da língua local e a configuração do novo chip no seu celular.

Em sites de busca é possível encontrar empresas que vendem chip de viagem internacional com abrangência em mais de 150 países. O sim card internacional é enviado pelos correios para sua casa ou para o endereço informado durante a compra.

Assim, quando pousar no país de destino, restará apenas ligar o celular para o chip realizar as configurações que o colocarão conectado. A média de preço varia de 30 a 100 dólares e a maioria das empresas trabalha com internet ilimitada ou franquia de dados, calculada com base na quantidade de dias que ficará no país.

Fonte: Paulo Nonato de Souza / Campo Grandes News

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do General Salgado News.