Salão de Tóquio 2019: veja 20 modelos que serão destaques

Com tecnologias inovadoras, evento terá carros, motos e até um carro voador. G1 acompanha lançamentos direto de Tóquio.
22/10/2019 11:53 Tecnologia e Ciência
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O Salão de Tóquio é conhecido por ser diferente dos outros grandes eventos automotivos, como o Salão de Frankfurt ou mesmo o Salão do Automóvel de São Paulo. Além dos carros, a feira exibe novidades do segmentos de motocicletas, novas tecnologias de mobilidade e robótica.

Na edição 2019, inclusive, o primeiro carro voador japonês será uma das atrações. Entre os modelos os modelos mais aguardados estão a nova geração do Honda Fit, o minicarro da Toyota e scooters elétricos de Yamaha e Honda.

Nos dias 22 e 23 de outubro, no Brasil, o salão terá as apresentações das marcas reservadas para a imprensa. O evento abre para público de 25 de outubro a 4 de novembro.

A Honda reservou o Salão de Tóquio para a apresentação mundial da nova geração do Fit. Ainda não se sabe muitas informações sobre o carro, que foi flagrado em testes na Europa, mas grandes mudanças visuais devem vir.

Mas a montadora garantiu que o carro também manterá algumas características tradicionais, como o tanque de combustível em posição central, além do amplo espaço interno. Sua versão híbrida, que não é vendida no Brasil, também será renovada.

Em sua “casa”, a Honda não poderia deixar também de mostrar suas motocicletas. No salão japonês, a marca costuma apresentar vários produtos que são destinados apenas ao mercado local. Esse é o caso da CT125, um conceito baseado na clássica Super Cub, mas com estilo off-road.

Com a eletrificação dos veículos crescendo também nas motos, a marca prepara dois scooters elétricos para apresentar no evento. Benly e e Gyro e dividem a mesma base, com a diferença na quantidade de rodas. O primeiro tem 2 rodas e o segundo 3 rodas, mas ambos com as mesmas características urbanas.

Além das motos inéditas, outros modelos, como o ADV 150 farão sua estreia no Japão. Ele foi lançado recentemente na Indonésia como uma variante do PCX 150 mais preparada para terrenos ruins. Inspiração veio do X-ADV, que tem motor de maior cilindrada.

A principal aventureira da Honda na atualidade acabou de evoluir. Em nova geração, ela ganhou motor 1100 e chegou a 102 cavalos de potência. No Salão de Tóquio, ela fará sua estreia no mercado japonês.

A Kawasaki somente revelou o nome de sua futura moto, a Z H2, e que será lançada no Salão de Tóquio. Mas daí vieram duas informações: ela será da linha naked (sem carenagens) da marca, que tem suas motos chamadas pela letra Z, e utilizará a base da H2. É esperado que o modelo tenha bastante potência graças ao sistema de compressor, inédito na categoria.

A montadora japonesa vai lançar o primeiro carro elétrico de produção em larga escala. Ele será um modelo feito do zero, ou seja, não utilizará a base de nenhum veículo atual da Mazda. Nenhuma imagem e nem mais detalhes ainda foram revelados.

Revelando apenas uma imagem ainda escurecidas, a Mitsubishi promete apresentar o MI-Tech Concept em Tóquio. De acordo com a montadora, o modelo será um SUV híbrido e compacto; ele terá 4 motores elétricos e tração integral. Dá para perceber que o carro terá linhas bem futuristas e parece ser conversível.

Este conceito parece seguir bem a tradição dos "Kei Cars" japoneses, que são veículos com motorização limitada a 660 cc e que recebem cortes de tributos por isso. Com estilo quadrado, essa van compacta promete oferecer bastante espaço interno.

Movido 100% a energia elétrica, o minicarro da Nissan vai ser apresentado ainda como um conceito. A ideia em torno do projeto foi a de criar um carro funcional para rodar na cidade, e também foram empregadas as tecnologias mais recentes da montadora, como o sistema de assistência de condução ProPilot.

O modelo tem 3.434 mm de comprimento, 1.412 mm de largura e 1.644 mm de altura.

A Nissan vai mostrar em Tóquio uma nova versão do Leaf com capacidade expandida de autonomia. De acordo com a montadora, o modelo pode andar até 40% mais e chegar a 458 quilômetros com uma carga.

Com medidas que podem ser menores que a de uma moto, o Ultra-compact BEV é um dos destaques da Toyota no salão. Com apenas 2.490 mm de comprimento, o modelo leva apenas 2 pessoas e é movido à eletricidade.

Em uma versão ainda mais conceitual, o minicarro da Toyota foi desenvolvido para levar apenas uma pessoa. Ele ainda pode virar um escritório e até mesmo local de descanso.

Veículo elétrico que utiliza hidrogênio como combustível para conseguir eletricidade, o Mirai terá um novo conceito no salão. De acordo com a montadora, o novo modelo antecipa a 2ª geração do carro, lançado originalmente em 2014. O modelo chega às lojas do Japão em 2020.

O E01 será um dos principais destaques da Yamaha em Tóquio. Prometendo “grande autonomia e sistema de recarga rápido, o scooter elétrico “anda como um 125 cc”, garante a fabricante.

Como menor capacidade que o E01, o E02 é como uma “cinquentinha elétrica”, ou seja, possui desempenho similar ao de motos de 50 cc de cilindrada.

A fabricante também prepara um veículo autônomo que pode se deslocar em locais ao ar livre. Com 4 rodas, o Land Link Concept pode andar sozinho ou ser conduzido por controle remoto. Ainda não se sabe exatamente no que poderá ser utilizado, mas pode servir para carregar objetos.

A renovada YZF-R1 também fará sua estreia no Japão durante o Salão de Tóquio. Na linha 2020, a esportiva ganhou novo visual, além de ter sua eletrônica aprimorada, com a chegada do gerenciamento de freio motor e controle de freio.

A Yamaha também vai apresentar uma vasta gama de veículos de mobilidade no Salão de Tóquio. O Tritown é um deles, trazendo a tecnologia de inclinação das rodas vista no Tricity e no Niken, o modelo foi desenvolvido para deslocamentos curtos na cidade.

Em uma área destinada a futuras tecnologias, chamada de Future Expo, o primeiro carro voador japonês também estará exposto. Produzido pela Nec Corp, o veículo já foi demonstrado em um teste de voo que durou 1 minuto.

Fonte: G1

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do General Salgado News.