Região

Médico de 28 anos que atendia Auriflama e região noroeste morre por complicações da Covid-19

 Gillian Vitor Reis Gillian Vitor Reis

Morreu na tarde da sexta-feira, 15 de janeiro, o médico Gillian Vitor Reis, de 28 anos. Ele estava internado em um hospital na cidade de São José do Rio Preto para tratamento da Covid-19 e não resistiu as complicações da doença.

O profissional periodicamente era escalado para plantões no Pronto Socorro de Auriflama. Gillian era morador do distrito de Bandeirantes d'Oeste, em Sud Menuccci. Iniciou os estudos em medicina no ano de 2012 pelo Centro Universitário de Votuporanga e estava na linha de frente em meio a pandemia. Como médico, já havia prestado serviços em Pereira Barreto, Sud Mennucci, Guzolância e Auriflama.

A prefeita de Auriflama, Katia Morita, publicou em seu facebook:

Foi com muita tristeza que recebi a notícia da morte do jovem Dr. Gilian Vitor Reis, com quem dividi vários plantões no Pronto Socorro de Auriflama. Atencioso, dedicado e um apaixonado pela medicina e por cuidar das pessoas, Dr. Gilian se foi devido a complicações causadas pela COVID-19 na tarde de hoje (15).

Que a morte deste profissional, que atuava na linha de frente do combate a doença, nos sirva de alerta para que redobremos os cuidados: o coronavírus é um inimigo invisível e cruel, capaz de nos impor lacunas ao vitimar pessoas queridas

Comentários