Região

Estiagem reflete em represa responsável por abastecer 60% de Santa Fé do Sul; veja fotos

Para tentar amenizar a situação, funcionários estão colocado água de poços na represa que, atualmente, opera com apenas 10% de sua capacidade total. Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAEE) não descarta possibilidade de revezamento de água.

Represa de abastecimento de Santa Fé do Sul está operando somente com 10% de capacidade — Foto: Reprodução/TV TEM Represa de abastecimento de Santa Fé do Sul está operando somente com 10% de capacidade — Foto: Reprodução/TV TEM

A chuva registrada na semana passada foi insuficiente para aumentar o nível da represa responsável por abastecer 60% de Santa Fé do Sul (SP).

Imagens captadas pela equipe da TV TEM mostram que a água diminuiu consideravelmente, deixando o solo seco e rachado. A água não corre pelo vertedouro desde abril.

De acordo com dados divulgados pelo Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAEE), choveu aproximadamente 460 milímetros na cidade durante os 11 meses de 2020. A quantidade é um terço da média dos últimos 10 anos, que chegou a quase 1.400 milímetros.

Para tentar amenizar a situação, funcionários estão colocado água de poços na represa que, atualmente, opera com apenas 10% de sua capacidade total.

Contudo, como o volume é insuficiente, se não chover nos próximos dias, Santa Fé do Sul pode enfrentar um revezamento no abastecimento de água.

“Estamos fazendo um plano emergencial para tentar reverter a situação. Mas a lagoa depende de recursos naturais. Portanto, se não chover, vamos ter que fazer revezamento ”, diz o superintendente do SAAE, Milton Ricardo Carvalho.

 

Comentários