Policia

Jovem morre após ser encontrado ferido entre paletes dentro de empresa em Andradina

Caso foi registrado em Andradina (SP). Thainã Teixeira foi encontrado ferido na manhã de sexta-feira (19). Contudo, não resistiu aos ferimentos e morreu na madrugada deste sábado (20).

Thainã Teixeira morreu depois de ser encontrado entre paletes de madeira em Andradina — Foto: Reprodução/Facebook Thainã Teixeira morreu depois de ser encontrado entre paletes de madeira em Andradina — Foto: Reprodução/Facebook

Um jovem de 20 anos morreu após ser encontrado ferido entre paletes de madeira. O caso foi registrado dentro de uma empresa de embalagens, na manhã de sexta-feira (19), em Andradina (SP).

Thainã Teixeira foi socorrido e encaminhado para a Santa Casa. Ele recebeu atendimento médico na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas não resistiu aos ferimentos e morreu na madrugada deste sábado (20).

Segundo Tadeu Aparecido Carvalho Coelho, delegado responsável pelo caso, uma funcionária entrou para trabalhar e percebeu que o jovem estava entre os paletes de madeira.

A perícia técnica da Polícia Civil foi acionada. Diversos funcionários prestaram depoimento ao delegado e o caso foi registrado morte suspeita.

Ainda de acordo com Tadeu Coelho, a corporação trabalha com duas hipóteses para esclarecer as circunstâncias da morte do jovem.

O corpo de Thainã foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). O enterro foi feito na tarde deste sábado (20), no Cemitério São Sebastião, em Andradina, município onde morava com a família.

Em nota enviada ao G1, a empresa Citroplast de Andradina afirmou que, por volta das 6h30, após a troca de turno do setor ligado ao acabamento, Thainã foi encontrado caído entre uns paletes.

Ainda conforme a empresa, foi constatado inicialmente que os hematomas encontrados em seu corpo não condizem com a situação de acidente.

“Ao encontrar o funcionário, a mesma chamou a chefe da segurança do trabalho que, por sua vez, imediatamente acionou o resgate do Corpo de Bombeiros, tendo sido resgatado e encaminhado para o hospital de Andradina”, diz a empresa.

A Citroplast também informou que abriu procedimento interno para apuração do caso e que está dando toda assistência à família do funcionário.

“Ainda não se sabe o motivo e a verdadeira ocorrência, uma vez que no momento em que o mesmo foi encontrado seu setor estava paralisado, não deixando claro que de fato houve algum acidente, podendo ter sido outros fatores ainda desconhecidos, pois a forma em que o mesmo foi encontrado não evidência acidente de trabalho”, informou.

Comentários