Empresário diz em audiência que atirou várias vezes contra rapaz em posto de combustíveis após ouvir ofensas

Suspeito alegou se envolveu em uma briga com a vítima e voltou para apaziguar a situação, mas foi ofendido e atirou. Vítima de 34 anos levou cerca de 10 tiros; caso foi em 2019.
15/01/2020 06:55 Policial
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O empresário acusado de matar Alessandro de Oliveira Aok, de 34 anos, com diversos tiros dentro de um posto de combustíveis em Araçatuba (SP) confessou durante uma audiência realizada nesta terça-feira (14) que matou a vítima depois de ter ouvido ofensas.

A audiência, que durou cerca de duas horas, foi feita por videoconferência. Segundo o Ministério Público, Antônio Berti Júnior assumiu a autoria do crime e alegou que teve uma discussão no posto.

Ele afirmou que voltou para apaziguar a situação, mas foi ofendido e atirou conta o homem. Alessandro morreu no local. O empresário tentou fugir, mas foi preso a um quarteirão do posto de combustíveis.

Testemunhas disseram à polícia que Antônio estaria incomodando algumas mulheres e Alessandro foi tirar satisfação. Depois da discussão, Antônio teria saído do posto de combustíveis, mas voltou armado com uma pistola, se aproximou da vítima e atirou 18 vezes.

A defesa do empresário chegou a fazer um pedido de avaliação para demonstrar que ele passava por transtornos mentais durante o crime. Contudo, o laudo concluiu que ele tinha condições de entender o que estava acontecendo.

O Ministério Público acusa Antônio por homicídio doloso qualificado, quando há a intenção de matar. Já a defesa dele diz que vai ficar demonstrado durante o processo que o empresário cometeu o crime por causa de uma provocação injusta seguida de um abalo psicológico.

Depois da audiência desta terça-feira, se não houver novos pedidos de coleta de provas, o juiz vai aguardar as alegações finais da defesa e do Ministério Público para decidir se Antônio deve ir a júri popular. Não há prazo para isso acontecer.

A câmera de segurança do posto de combustíveis registrou o momento em que Antônio matou Alessandro a tiros (veja vídeo acima).

Nas imagens é possível ver o empresário se aproximando da mesa onde Alessandro estava sentado com um grupo de amigos.

Em seguida, ele atira contra a vítima, que cai ao ser atingida pelos disparos. Logo após, o empresário se aproxima e continua atirando até o homem parar de mexer.

Ao presenciarem o assassinato, testemunhas que estavam no posto de combustíveis fogem assustadas.

Fonte: G1

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do General Salgado News.