Ação conjunta faz a maior apreensão de maconha da história do Brasil

20/05/2020 19:41 Policial
Carreta apreendida com cerca de 25 toneladas de maconha - Crédito: Divulgação/PRF
Carreta apreendida com cerca de 25 toneladas de maconha - Crédito: Divulgação/PRF

Uma ação conjunta desenvolda nesta quarta-feira, dia 20 de maio, envolvendo a PF (Polícia Federal) e a PRF (Polícia Rodoviária Federal) apreendeu um caminhão da marca Volvo, com placas JAK1C49, no qual estavam sendo transportadas aproximadamente 28 toneladas de maconha. 

A apreensão teve início em uma diligência policial realizada em um hotel na cidade de Ponta Porã, na região de fronteira com o Paraguai, onde Policiais Federais desconfiaram de atitudes de um hóspedes, que demonstrava extremo nervosismo e aparentava aguardar alguém.

Em razão desta suspeita, foi realizado um acompanhamento do indivíduo e se identificou que o mesmo possuía Carteira Nacional de Habilitação da categoria E, ou seja, era um motorista de caminhão. 

As diligências efetuadas permitiram identificar o caminhão que era dirigido pelo suspeito, de 38 anos, que saiu de Ponta Porã transportando uma carga de milho. Após o indivíduo iniciar o deslocamento o caminhão foi abordado com auxílio da Polícia Rodoviária Federal e durante a fiscalização da carga foi facilmente constatada a presença de muitos pacotes contendo substância entorpecente conhecida como maconha, sob a carga de milho. 

O entorpecente ainda está sendo contabilizado, contudo uma pesagem inicial aponta para cerca de 28 toneladas de entorpecente, consirada a maior apreensão de maconha do País, sendo que o motorista detido informou que já teria pego o caminhão carregado e levaria a carga para São Leopoldo, no Rio Grande do Sul e receberia aproximadamente R$ 40 mil para efetuar o transporte ilícito. 

 

Fonte: Carlos Ferraz / Osvaldo Duarte / Dourados News

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do General Salgado News.