Compositor processa Gusttavo Lima em R$200 milhões por direitos autorais

A música
11/02/2020 11:30 Justiça
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O compositor André Luiz Gonçalves entrou com processo na Justiça pedindo R$ 20 milhões ao cantor Gusttavo Lima. Ele reivindica a autoria da música “Fora do Comum”, que foi registrada como parceria.

Gonçalves disse à colunista Fábia de Oliveira, do jornal O Dia, que Lima o chamou para fazer uma parceria e pediu para ele gravar uma música e mandar. Lima, então, teria dito que só registraria a música se o compositor aceitasse uma sociedade.

“De boa-fé, achei que ele só acrescentaria o nome dele na composição, mas ele foi lá e editou metade da música e registrou como 50% sendo de autoria dele. Pra não perder tudo, fui em outra editora pra registrar os meus 50% e não deixar de receber, porque quando eu fui registrar 100% da música no meu nome ele já havia feito o registro de metade. Ganhou esses anos todos com execuções nas rádios, plataformas digitais, além das vendas de CD’s e DVD’s”, declarou Gonçalves à colunista.

Segundo Gusttavo Lima, ele fez a música em parceria com Gonçalves, que recebeu 50% dos direitos autorais da faixa e que o processo “já foi sentenciado e julgado extinto em desfavor do compositor, que interpôs recurso de apelação e aguarda julgamento.”

Ao longo da ação que corria pela 30ª Vara Cível de Goiânia os artistas tentaram passar pela conciliação, mas não houve acordo. A ação acabou considerada extinta pela Justiça, por falta de provas, mas Gonçalves entrou com recurso no Tribunal da Justiça de Goiânia contra essa decisão.

Em relação às acusações do compositor, a assessoria de imprensa de Lima informa que as “afirmações são infundadas”.

Fonte: Carlos Yukio / Midiamax

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do General Salgado News.