Caso eleito, Sergio Moro afirma que brigará por Corte Nacional Anticorrupção

Ex-ministro afirma que é preciso 'pensar fora da caixinha' e que a proposta será baseado em modelos internacionais

ÚLTIMO SEGUNDO / IG ÚLTIMO SEGUNDO


- Reprodução Moro propõe Corte Nacional Anticorrupção no Brasil

O  pré-candidato à Presidência, Sergio Moro (Podemos) declarou que uma de suas propostas - caso seja eleito nas eleições do próximo ano - será a criação de uma Corte Nacional Anticorrupção. Segundo o ex-juiz, é preciso 'pensar um pouco fora da caixinha' para otimizar o combate do Judiziário contra os 'poderosos'.

'Temos que pensar formas para aprimorar o combate à corrupção, inclusive nas cortes de Justiça. Por isso, no nosso projeto, que estamos apresentando, propomos a criação de uma corte nacional anticorrupção', afirmou o ex-ministro de Justiça e Segurança Nacional do governo Bolsonaro.

Questionado sobre os custos de um novo tribunal no orçamento público, Moro ressaltou que 'a ideia é utilizar as estruturas já existentes e atrair para a corte nacional anticorrupção os melhores servidores e os melhores magistrados do Judiciário, por meio de um processo seletivo que leve em conta, com procedimentos de devida diligência, não só a integridade dessas pessoas, mas também o comprometimento com o combate à corrupção, sem aumentar custos orçamentários'.

Moro também afirmou - em entrevista ao Correio Braziliense -  que o Judiciário brasileiro 'não é eficiente' e 'é muito custoso'. 'A gente fala muito de corrupção. E, realmente, fora do período da Lava-Jato, e com outras raras exceções, como no caso do mensalão, a Justiça não tem funcionado contra os poderosos'.


 

Clique aqui para participar do grupo Do WhatsApp do general Salgado News

Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do portal General Salgado News (67) 996418820 

www.itaporanews.com

Curta nossa Fan Page e fique por dentro de tudo que acontece em General Salgado, Região, Brasil e Mundo!